Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

29.Abr.19

Passeio a pé pela Rua dos Condes de Abrantes

historiasabeirario
Sob a expressão do rosto vigilante da carranca, adulterada por uma outra manifestação de arte, penetra-se na Rua Condes de Abrantes, antiga Rua da Boga. A sua carência de largura não impede que os automóveis circulem no seu prolongamento, são escassos os que se atravem. Desconhece-se a origem do seu primeiro topónimo, em 1909 numa sessão de Câmara, sondaram a  sua substituição para Francisco Ferrer, pedagogo e propagandista espanhol, fuzilado por ordem do Rei (...)
18.Abr.19

Notre Dame de Abrantes

historiasabeirario
Não é a catedral Notre Dame é um mercado municipal,foi consumido pelas chamas, está devoluto e deteriorado, tem obras de arte e relíquias, tinha legumes, hortaliças, tinha fruta fresca, frutos secos, tinha animais vivos (galinhas, coelhos), ovos, queijos, tinha açougues, peixaria, com oito séculos de história uma referência na civilização europeia e mundial, construído nos princípios do século XX, referência na história local como a primeira grande superfície (...)