Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

A primavera beijou-nos...

IMG_20220413_150953.jpg

A primavera  beijou-nos de surpresa, as histórias, a biblioteca ambulante, o viajante das viagens e andanças estão cheios de sorte neste dia percorrido nas aldeias, também elas beijadas pelas águas do rio Zêzere. É pois um dia completo de beijos, juntando a estes os beijos dos leitores quando enfrentam as histórias na biblioteca ambulante. Beijos para aqui, beijos para ali, letras a beijarem-se, palavras a beijarem-se. Ler uma história, não é mais que um longo beijo de quem a escreveu a quem a lê, há beijos que ficam para a vida, há histórias que nuca mais esquecemos, tal não foi o beijo que nos deram. Beijos longos, beijos curtos, beijos doces, beijos amargos, beijos de despedidas de encontros, beijos que nos fazem chorar ou rir. Nunca desistam de beijar, jamais renunciem à leitura, um beijo para todos voçês.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.