Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paulo Auster

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paulo Auster

24.Set.18

Brindando este território

IMG_20180924_065002.jpg

IMG_20180924_104905.jpg

 O início da manhã apontava que o dia iria ser quente, a demonstrar isso mesmo está a temperatura na aldeia do Carril 34º. Assim  é a estreia das manhãs nas viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra, na chegada da nova estação o sol cruza o plano do equador celeste (equinócio), brindando este território com ardor. Agora mesmo um aldeão comentou o fenómeno natural e a temperatura, as culturas agrícolas, tudo mudado. As histórias deslocam-se de aldeia em aldeia, trocam-se de uns para outros, andam de mão em mão de escassa população. Os itinerários repetidos sucedem-se semana após semana e cada vez mais se conquista um leitor(a), numa aldeia ou noutra, faça calor ou frio, a biblioteca ambulante não os abandona!