Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paulo Auster

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paulo Auster

17.Out.18

Fazer acontecer

IMG_20181016_171859.jpg

IMG_20181016_182320.jpg

IMG_20181016_182259.jpg

IMG_20181016_182338.jpg

IMG_20181016_182308.jpg

 Um, dois, três, quatro... estes e muitos mais números adicionados à quantidade de automóveis que transitam nos dois sentidos na estrada nacional nº 118, durante o período em que a biblioteca ambulante esteve detida na aldeia da Casa Branca, com as suas histórias nas viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra. Acompanha a margem esquerda do rio Tejo, separando em duas partes o vasto território da acção da biblioteca, desunindo as aldeias de Alvega, Concavada, Pego, Rossio ao Sul do Tejo, a vila do Tramagal e esta onde me encontro.Uma via com destreza para o desenvolvimento ecónomico a sul do rio e mesmo para o país.Também a biblioteca itinerante com ousadia procura obter mais leitores transitando por ela, aproveitando ligações e alternativas, com o propósito de fazer acontecer com os livros.