Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

IMG_20240411_153619.jpg

IMG_20240411_110919.jpg

IMG_20240411_113638.jpg

A manhã começa a ficar abrasadora, mesmo assim os meninos do infantário compareceram na biblioteca ambulante. Acompanhados pela professora, segurando as mãos uns dos outros, uma corrente para agarrarem um futuro com mais igualdade, entraram cheios de curiosidade, olhando imediatamente para as histórias. Estas pulando de contentamento nas estantes, denunciavam muita determinação em saltarem para as mãozinhas da pequenada. Mãos, ainda, com pouca experiência a folhearem as páginas ilustradas com figuras apelativas aos olhares exploradores. Entusiasmados com as histórias seleccionadas pela professora, saíram como entraram, unidos, a caminho do almoço, do qual os odores se pronunciavam no ar. Os novos e os velhos descobrem, e recuperam na biblioteca ambulante o prazer da leitura. Leitores turistas, nas páginas, visitando a monumentalidade das histórias, a saborearem a gastronomia nas palavras. Banhistas recebendo o sol, deitados em toalhas de letras, nas areias macias de papel. Caminheiros a trilharem os espaços entre as linhas, a saltarem para terminarem mais rápido, aqueles que não se sentem bem a conhecerem os detalhes do caminho. O termómetro ultrapassou os 30º Celcius, na vila do Tramagal, as pessoas protegem-se na esplanada do café, onde os raios solares não as alcançam. Mas, não se defendem da incapacidade, de ambicionarem serem leitores, usufruindo da presença da biblioteca ambulante na vila. O brilho das histórias não causa insolação nas pessoas leitoras, pelo contrário, dá-lhes possibilidades de alvorecerem sempre que terminem uma leitura.