Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paulo Auster

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paulo Auster

07.Dez.18

O calor das histórias

IMG_20181207_114404.jpg

Não sei como descrever a manhã, a hesitação relativamente à queda de precipitação ou não, é o mais certo na narração nas viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra. Frio, muito na aldeia da Ribeira do Fernando, no café "Desvio" uma mulher fala de que já consumiu perto de uma tonelada de lenha, dias inteiros em casa, o lume faz-lhe companhia. Cogitando, ainda estamos no outono, como será na próxima estação? Outra apressada para beber o café, tinha deixado a cozer na panela um chouriço servido com feijão frade para o almoço do marido, acabei de beber a bica, cá fora a quebra da temperatura estava mais pronunciada. No interior da biblioteca ambulante, o calor das histórias protegeu-me na  restante permanência da biblioteca na aldeia.