Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

O frio o personagem principal

IMG_20191106_105800_283.jpg

O sol ainda tentou, mas o enfraquecimento da temperatura sente-se nos ossos, é o frio o personagem principal do dia e das histórias de hoje, nas viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra. Pelo menos o viajante das viagens e andanças foi às gavetas do vestuário de inverno escolher uma camisola que o possa agasalhar mais logo, quando rumar para as aldeias do Souto e Fontes. Situadas em relevos altaneiros, observando o rio Zêzere com orgulho, estas aldeias com população maioritariamente envelhecida resistem, para isso contam com alguma juventude, não muita, mas com idade primaveril, que impede o declínio das comunidades. As histórias a partir de hoje tornam-se em abafos, quem as lê não teme os dias curtos e as noites geladas, página a página, como se fosse pequenos galhos de árvores secas atirados para a lareira, avivar o fogo, estimular a curiosidade na continuidade da leitura das histórias.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.