Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

IMG_20220510_155043.jpg

No Tramagal, quando o sol estava perto de atingir o topo, foi o momento da pequenada visitar a biblioteca ambulante, hoje foram menos, o almoço na escola estava na mesa para alguns que não podiam esperar. Os mais resistentes acompanharam a professora que trouxe histórias que os deleitaram, lidas na escola, decifradas, cada uma à sua maneira por cada um que respondeu às questões colocadas pelas professoras após as leituras. Levam outras, escolhidas por eles, sempre com a permissão da docente. Ainda foram para o exterior, na sombra de uma frondosa árvore, folhear algumas que eles mesmo tiraram das estantes. A biblioteca ambulante, referência de como se deve iniciar as aventuras na leitura, a vontade é muita de ver a ilustração, tentar unir as palavras, que uns quaisquer pequenos danos que possam acontecer nas histórias não são nada, quando estamos perante futuros leitores.