Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

Histórias à Beira Rio, viagens e andanças com letras pelas aldeias da minha terra

"Afinal, a memória não é um acto de vontade. É uma coisa que acontece à revelia de nós próprios." Paul Auster

Possa ser partilhada...

IMG_20210524_112816_842.jpg

Chove na aldeia do Pego, não é uma precipitação agressiva, a água cai suavemente, pontilhando o vidro da biblioteca ambulante. Unindo-os que desenho despontaria, mas tal não irá acontecer, pois a quantidade de água lançada para baixo aumentou, modificando a tela de vidro em várias carreiras de água. Parece que rebentou algo lá para cima, não pára de chover, com o avançar da manhã manifesta-se mais abundante. O pior já lá vai, a escola abriu as portas, as crianças correm, gritam, estão felizes no recreio. As histórias logo aqui defronte não geram curiosidade, não é a primeira vez que se mantêm no espaço onde existe um fontanário. Nem tudo é menos bom, há pouco tempo aproximaram-se dois pegachos, tendo um deles solicitado uma história. Em relação à escola será o viajante das viagens e andanças a influenciar, para que a diversão possa ser partilhada com as histórias. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.